29 de set de 2009

Que eu saiba olhar para o céu!


Senhor, fazei de mim
um instrumento da vossa comunicação

Onde tantos enviam bombas e destruição,
Que eu leve uma palavra de união!

Onde tantos procuram ser servidos,
Que eu leve a alegria de servir!

Onde tantos fecham a mão para bater,
Que eu abra meu coração para acolher!

Onde tantos adoram a máquina,
Que eu saiba venerar o homem!

Onde tantos endeusam a técnica,
Que eu saiba humanizar a pessoa!

Onde a vida perdeu os sentido,
Que eu leve o sentido de viver!

Onde tantos me pedem um peixe,
Que eu saiba ensinar a pescar!

Onde tantos me pedem um pão,
Que eu saiba ensinar a plantar!

Onde tantos estão sempre distantes,
Que eu seja alguém sempre presente!

Onde tantos sofrem de solidão que faz morrer,
Que eu seja o amigo que faz viver!

Onde tantos morrem na matéria que passa,
Que eu viva no espírito que fica!

Onde tantos olham para a terra,
Que eu saiba olhar para o céu!

Pe Atílio Hartmann. S. J.



Nenhum comentário: