19 de out de 2009

Saiba como fazer em casa produtos de limpeza

que não agridem o meio ambiente nem o bolso





RIO - Pequenas mudanças de hábitos podem ajudar - e muito - a frear o consumo, um dos vilões do aquecimento global. Na seara da limpeza, muitos consumidores encontram produtos ecologicamente corretos. Eles são bem mais caros que os tradicionais, ainda que os fabricantes garantam que o rendimento deles é maior. Para quem quer não quer gastar muito e não deseja agredir o meio ambiente, vale fazer em casa mesmo produtos como desinfetante, limpa-vidros, amaciantes e detergentes. Basta acrescentar à lista de compras itens como limão (o quilo custa, em média, R$ 3,50), álcool (R$ 2,50), óleo de soja (R$ 2,10), vinagre (R$ 1) e bicarbonato de sódio (R$ 2,30).

- Diante da emergência de um novo consumidor, que exerce seu papel de cidadão por meio de um consumo mais consciente, percebemos que está em curso uma mudança de paradigmas na sociedade na direção da sustentabilidade - afirma Helio Mattar, diretor-presidente do Instituto Akatu.

Com menos de R$ 10, é possível fazer até oito faxinas em casa

A tese de Mattar se confirma no comportamento de pessoas como Julia Correa, exceção no universo do consumidores. Para limpar os pisos de cozinha e banheiros, ela prepara uma mistura de água com bicarbonato de sódio. Para as janelas, usa apenas vinagre e água.

- Compramos apenas detergentes, amaciantes e sabão em pó. É uma opção mais consciente que ainda nos faz economizar - disse ela, satisfeita, que está à frente da Verde Verte, uma empresa que vende cosméticos orgânicos.

Isabel Joffe, fundadora do Mundo Verde, conta que um "kit de limpeza verde" pode ser preparado em casa e inclui produtos simples como vinagre branco, limão, bicarbonato de sódio, sal e água. Assim, com menos de R$ 10, é possível produzir o suficiente para até oito faxinas em uma residência de dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Tudo sem agredir o meio ambiente nem deixar resíduos irritantes na pele, como o cloro, o formaldeído e os solventes. A rede não vende esses artigos, mas ensina o consumidor a fazer produtos ecológicos pelo site do Mundo Verde .

- Acreditamos que contribuímos, com esta pequena iniciativa, para a valorização do consumo consciente, uma das nossas preocupações - diz Isabel.

O empresário Sérgio Mello, sócio da Brasil1, sugere o sal para arear as panelas e o vinagre para tirar manchas de roupas, como as de caneta. Além de clarear colarinhos de camisa misturando vinagre com bicarbonato.

- Depois que criamos o hábito, percebemos como são simples, fáceis e úteis para o dia-a-dia. Além de serem bem mais baratos - disse Mello.

A seguir, sugestões sustentáveis que não desequilibram o orçamento:

FORNO: Na hora da limpeza, água quente com bicarbonato de sódio podem fazer o serviço. Aliás, o bicarbonato também serve para limpar panelas e formas queimadas.

JANELAS E ESPELHOS: A cada 3 colheres de vinagre, 11 litros de água quente. Se muito sujos, vale passar água e sabão antes da mistura.

GORDURA: Para retirar gordura, basta diluir vinagre ou limão na água.

MÓVEIS: Para lustrá-los, use uma medida de suco de limão e duas de óleo vegetal. Usar flanela para dar brilho.

Nenhum comentário: